Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

José Mário Branco . A capicua traiu-o....1942-2019

Um profundo e sincero adeus, José Mário Branco .

Será que foi agora que chegou a tua verdade ?
Mensagens recentes

"O amor é um sentido "

Excerto do livro  Namorados, de Luis  Pacheco

Pintura de Eugene Delacroix, La Mort d` Ophelie

Os homens.... "E agora José ?"

Se todo animal inspira ternura, o que houve, então, com os homens?

Guimarães Rosa

Fotografia do Público /Fugas

Tempo de marmelos e marmelada .... Tempo de doçura

Luis Egidio Meléndez, séc. XVIII

Talvez assim tenha nascido o nome do grande romance .... «Sinais de Fogo" , centenário de Jorge de Sena

Acendi um cigarro. Onde iria jantar? Não me apetecia comer. Apetecia-me fugir. Para onde e porquê? E, de repente ouvi dentro da minha cabeça uma frase: «Sinais de fogo as almas se despedem, tranquilas e caladas, destas cinzas frias.» Olhei em volta. De onde viera aquilo? Quem me dissera aquilo? Que sentido tinha aquela frase?Tentei repeti-la para mim mesmo: «Sinais de fogo... » Mas esquecera-me do resto. Com esforço reconstituía a sequência: »Sinais de fogo os homens se despedem, exaustos e espantados, quando a noite da morte desce fria sobre o mar.» Não tinha sido aquilo. Não era aquilo. E que significava? Seriam versos? Repeti mentalmente: «Sinais de cinza os homens se despedem, lançando ao mar os barcos desta vida». Novamente as palavras eram outras, ou quase as mesmas mas diversamente. Tirei um papel do bolso, e escrevi: »Sinais de fogo os homens se despedem lançando ao mar os barcos desta vida». Reli o que escrevera. E depois? Olhei o mar que escurecia , com manchas claras que on…

outono, natureza morta, Josefa d´Óbidos

Canção de Outono

Perdoa-me, folha seca,
não posso cuidar de ti.
Vim para amar neste mundo,
e até do amor me perdi.
De que serviu tecer flores
pelas areias do chão
se havia gente dormindo
sobre o próprio coração?

E não pude levantá-la!
Choro pelo que não fiz.
E pela minha fraqueza
é que sou triste e infeliz.
Perdoa-me, folha seca!
Meus olhos sem força estão
velando e rogando aqueles
que não se levantarão...

Tu és folha de outono
voante pelo jardim.
Deixo-te a minha saudade
- a melhor parte de mim.
E vou por este caminho,
certa de que tudo é vão.
Que tudo é menos que o vento,
menos que as folhas do chão...
Cecília Meireles

Inquietação ...

"Manet recusa-se a juntar os elementos para contar uma história e é a falta de narrativa, o mistério, que inquietam.” Michael Fried
Ler AQUI