Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

A mostrar mensagens de Janeiro 6, 2011

Cantar das Janeiras

Não sei bem se vou ter coragem de arrumar o meu presépio amanhã pela manhã... Foi um sonho de presente recebido que fez as delicias dos donos da casa e amigos que os visitaram. Figuras tipo marionete, de pernas móveis, dava para cada um escolher a posição mais ilariante e adequada aos tempos modernos... Figuras muito mais simpáticas que muitos humanos que por aí pululam... Das "Janeiras", (ler aqui) nem vos falo. Até há uns anos atrás vinham cantá- las aqui ao prédio. Coisas do associativismo....
Mais uma vez , bom ano.

Dia de Reis, poemando...

OS REIS MAGOS

Gaspar, Melchior e Baltazar são diferentes dos outros. Não precisam de clientes nem de desgraças. Jamais se enganaram. Ao longo dos tempos – nunca lhe foi arremessada uma pedra.

São reis que abrem generosamente os cofres, que se prosternam num estábulo e o perfumam, que se conduzem pelos sinais celestes e pelas palavras dos sonhos.

Todos os anos colocam uma estrela que vai pela noite adiante iluminando o caminho,
E acertam sempre no seu horóscopo adorando o menino.

ANTÓNIO OSÓRIO (1933)
A Luz Fraterna
In Poemário 2011
Pintura de Josefa de Óbidos, sec. XVI

"Música" para os ouvidos, com muito ruído...

No Público de hoje, 5/01, Rui Graça Feijó, investigador e apoiante á candidatura de Manuel Alegre, escreveu uma “Carta aberta a Mário Soares” que foi um deleite de leitura…
Passo a transcrever o que considerei mais provocatório, na medida em que ambos, Soares e Feijó não têm dúvidas que ambos desejam ver um novo rosto no Palácio de Belém.
“Venho antes lançar-lhe um desafio (à minha altura, que não à medida do seu papel na História da nossa modernidade): siga os ditames da sua consciência, mais uma vez homem livre que sabe bem os perigos e as ilusões que a fidelidade partidária acarretam, e apoie sem rodeios o candidato presidencial da sua preferência – que toda a gente sabe não ser o candidato apoiado pelo PS e que eu, há muito no mundo dos que não têm filiação partidária, também apoio. Milite na sua campanha. Empenhe-se com frontalidade na contenda eleitoral. Ajude a acrescentar um pouco que seja à aura do seu candidato, retribua os sapos que muitos portugueses engoliram para votar em …