quarta-feira, 11 de novembro de 2015

olhei para ontem... vi e ouvi, e, como diria Millôr, "pode crer, que cego é aquele que tudo quer ver"

Ta Thi Thanh Tam

Ontem a tarde tornou-se numa roda viva.
Viva era a tarde de ontem.
Tu dançavas no terreiro que não do paço.
Eu, passo passo, voltei-me para o mesmo lado.
Ou seja, sempre com a cabeça no ar...



agora fico esperando... , mas não sentada

Resting With Lotus,