Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

A mostrar mensagens de Março 21, 2011

Primavera, poesia e partilhas... porque nem tudo são "rosas" mas as palavras limam os espinhos...

Escolhi para este dia um poeta bem vivo, com quem me me cruzo amíude, nos seus passeios descontraídos e concerteza bem criativos, há para aí uns 30 anos, num pazer que nos é comum, caminhar pelo nosso paredão na linha de Cascais. Sempre gostei dele na vertente do pensar, escrever e poemar. Ele é José Carlos Vasconcelos.

Meu trato com as palavras é uma longa história de amor. Ou um romance triste? Um filme de cobóis? Uma fita de capa e espada?

Meu trato com as palavras é feito de sombras, de luas, de sóis. Umas vezes trato-as por tu, outras por nada. (...) Meu trato com as palavras é casto, adúltero, chulo, edipiano, fraterno. Interesseiro e desinteressado. Nelas morro e nelas vivo; com elas vejo com elas ouço, com elas cheiro, pulo, corro, durmo, transo. Pagam-me o ordenado. São tão putas e tão puras. - senhoras do meu caminho, virgens marias do meu pecado.
JCV Meu Trato Com as Palavras "O Sol das Palavras"