Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

A mostrar mensagens de Dezembro 19, 2012

Eles nem sabem nem sonham...

Cá por casa, tudo começou com estes dois aviõezinhos.... Uma brincadeira que sobrevoava   os pratos de sopa... e tudo o mais... numa longa espera pelo fim da refeição.

 A brincadeira passou a sonho. O sonho voou alto, muito alto... e tornou-se realidade.
Até que,  há nove anos,  vestiu a camisola da TAP. De galão em galão, subiu ainda mais alto...
Amanhã o que pensará o António?
Conversas adiadas...

Gato, gatinho, gatarrão...

O bichano que ainda não posso ter...

Andava a pensar arranjar um gato para companhia e outras ronronices...
Muitas ideias, solidariedade para quando me ausentasse, até que alguém me disse e  atempadamente...
- Olhe, Ana, se quer ter um gato, tem que ter cuidado com as janelas, pois eles saltam.... e, vai estatelar-se no meio do chão e depois chora....
Ora acontece que moro num 5º andar e a partir da primavera as janelas estão sempre abertas quase o dia todo.... 
Só no inverno dou pausa ao abrir e fechar das mesmas.
Resumindo. A minha ausência de "maturidade"para tal esforço faz-me adiar tal aquisição para outras calendas... Quem sabe, se a velhice me leva a ter janelas fechadas em detrimento de um adorável bichano ... 

Na altura em que Raymond Chandler criou a personagem de Philip Marlowe, que lhe daria fama e fortuna e faria dele um dos mais populares autores de literatura policial do mundo, tinha um belo gato persa de cor negra e pêlo longo e farto.
Várias vezes Chandler se fez fo…