terça-feira, 14 de abril de 2015

A ver e a ler...

Há quem feche o coração a sete chaves. Outros nem tanto . Assim é a Ana Biscaia.

365 dias... uma eternidade

Um ano depois do rapto de Chibok, 200 jovens nigerianas continuam desaparecidas.

"não sei como resiste o que perdura"

Luís Amorim de Sousa, Coisas

a caixinha das cores de Gunter Grass (1927-2015)