Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

A mostrar mensagens de Janeiro 2, 2015

Mais uma escolha de Ano Novo... De Bosh para Drumond de Andrade... Soubessem eles das loucuras do séc. XXI...

Representa-se, no verso das tábuas laterais, o terceiro dia da Criação do Mundo – não se  vêem seres humanos nem animais – apenas, dentro de um frágil globo transparente, vegetais e minerais pintados em tons de cinzento e verde – uma forma de contrastar com a intensa cor que surgirá logo que se abram os dois postigos O tríptico, quando fechado, tem uma citação transcrita do Génesis “Ele mesmo ordenou e tudo foi criado“. Abrindo-se as duas asas ou postigos, deparam-se-nos as três tábuas – uma explosão de cor e de beleza – no postigo da esquerda o Paraíso  TerrenoouTerreal; ao centro a tábua principal –  o Jardim das Delícias  – e no postigo da direita o Inferno Musical.

In A VIAGEM DOS ARGONAUTAS


Uma receita de Ano Novo dada pelo poeta Carlos Drummond de Andrade Para você ganhar belíssimo Ano Novo
cor de arco-íris, ou da cor da sua paz
Ano Novo sem comparação como todo o tempo já vivido
(mal vivido ou talvez sem sentido)
para você ganhar um ano
não apenas pintado de novo, remendado às carreira…