quinta-feira, 31 de março de 2011

Uma despedida de Março sob o signo do amor

Viagem virtual -2- razão porque as viagens aos mesmos museus são recorrentes....porque nos tomamos de amores...





Jean Beraud nunca se casou, Paris e a sua arte eram os seus únicos amores. Será sempre lembrado como um pintor da Belle Epoque.(aqui)