sábado, 31 de janeiro de 2009

Freddie Mercury/Montserrat Caballé - Barcelona - La Nit Live


Vicky Cristina Barcelona, imperdível !




"Filme sobre a imponderabilidade da vida e os caprichos do amor, rodado numa Barcelona de cores doces e voluptuosas, cuja arquitectura de Gaudi ajuda a moldar numa perspectiva arrevesada e tortuosa, “Vicky Cristina Barcelona” é mais uma daquelas obras onde o confronto de duas civilizações, e de dois comportamentos quase inconciliáveis cria o conflito e mantém a expectativa. De um lado, os americanos planificados, pragmáticos e algo puritanos, por muito que afirmem que “não julgam ninguém”. Por outro lado, a vida boémia e libertina dos artistas europeus, herdeiros de um contexto histórico muito diferente, e que exerceu sempre um enorme fascínio nos companheiros do outro lado do Atlântico (veja-se por exemplo, a dita “geração perdida” dos anos 20, que emigrou quase toda para o Velho Continente, por longas temporadas, em busca de inspiração e vivência intensa). Cristina é um caso desses, americana como Vicky, mas sequiosa de novidades e pronta a entregar-se aos mais díspares triângulos e duetos amorosos. A sua franqueza irá talvez fazê-la sofrer mais, cada nova paixão equivale a um novo desgosto, mas, para quem assim vive, a dor é o equivalente ao prazer e tudo vale a pena se a vida não é pequena."

sexta-feira, 30 de janeiro de 2009

Jacinta canta Zeca Afonso


Bom fim de semana...

"EREMITA, ME AFUNDO
NO DESERTO, PRA SER
O CENTRO DO MUNDO"

Poema Humildade, de Millõr

Há cada ideia....







O João Viana, o meu fotógrafo de "eleição", porque chove, sugeriu que fosse passar férias ao Egipto...
Penso que ele se sente um leão enjaulado... sem poder sair para fazer fotografia... com o mar ali tão perto...
É muito irónico o Joãozinho...
Melhores dias, são os meus desejos!

Homenagem à sapatada a B....

Todos sabem quem é B... , não gosto de ver aqui o seu nome...


quinta-feira, 29 de janeiro de 2009

Beethoven -Carlos Kleiber2


Hoje.


Tenho pena de não estar lá hoje! Na Junqueira! Para ouvir Orquestra Metropolitana de Lisboa na sua nova programação "Quintas Perfeitas", uma vez por mês.

Hoje será o dia de ouvir L. Beethovan no seu Septeto opus 20.

Vamos a não esquecer! É de graça!

Ideia que não passa de moda!...

"Antes morrer reinando do que acabar servindo.(1) D. Luisa de Gusmão dando despacho, desenho a tinta da China.
Há ideários que nunca passam de moda! E por cá parece que a moda pegou... nem "reis" nem "rainhas" se querem ir embora!

É verdade que as melgas atacam mais umas pessoas do que outras? -




Se é usado ou abusado pelas picadas dos mosquitos, não"deixe de barrar com mel a pessoa que está ao seu lado...", mas para saber mais, leia mesmo o artigo!

Dia feliz, e vamos a sonhar o SOL....

quarta-feira, 28 de janeiro de 2009


Rodin ,Fugit amor (detalhe)


"Para fazer uma obra de arte não basta ter talento, não basta ter força, é preciso também viver um grande amor'. - Wolfgang Amadeus"

Abraço,de Egon Schiele,1912


Absolvição
Incendeiam-me ainda os beijos que não me deste
E cegam-me os acenos que não me fizeste
Da janela irreal onde o teu vulto
Era uma alucinação dos meus sentidos.
Mas, decorrida a vida, e oculto
Nestes versos doridos,
A saber que não sabes que te amei
E cantei,
E nem mesmo imaginas quem eu sou
E como é solitária e dói a minha humanidade,
Em vez de te acusar
E me culpar,
Maldigo o arbítrio da fatalidade
Que cruelmente nos desencontrou.
Miguel Torga,11 de Dezembro de 1992

terça-feira, 27 de janeiro de 2009

FIGUEIRA DA FOZ - Maria Clara

YouTube - FIGUEIRA DA FOZ - Maria Clara

Também me deixou triste....


A partida prematura de Tereza Coelho, jornalista do Público e não só! É sobejamente conhecido o seu trabalho e criatividade!
Apesar de ter nascido em Quelimane, era também uma filha da Figueira, toda asua família era de lá.
Conhecia-a em miúda, loira , bonita e irreverentemente saudável como todas as mulheres nascidas em Africa! Distinguia-se das demais! Lá nos íamos cruzando pelo Festival de Cinema por onde a intelectualidade reinante de Lisboa se "espanejava"... Veio a casar bem nova com Eduardo Prado Coelho, durou enquanto deu, e o seu percurso não parou de caminhar pela estrada do sucesso e com criatividade! É também um conterraneo nosso , João Mário Grilo que neste momento está a fazer um filme cujo guião é da Tereza.
Tenho pena porque partiu nova, deixou marido e filhos que amava e pais que a tinham como filha única!
Na Figueira , será sempre a menina da casa verde!

segunda-feira, 26 de janeiro de 2009

O meu fim de semana...

Vinda de férias e desligada voluntáriamente dos periódicos, só os mínimos detalhes de amigos bloguista, me ligaram ao nosso pequeno "torrão"! Eis-me de visita à família para repôr os meus afectos eos da minha mãe! Fim de semana medonho de invernia.
Só em viagem de comboio, pois sou militante dos transportes públicos, e com todo o tempo da vida para ler,me fui apercebendo de alguns acontecimentos que fizeram correr oceanos de tinta, e outros só um pequeno ribeirinho dessa mesma tinta! A Figueira já foi cidade de grandes acontecimentos, de longas histórias de amor, umas desfeitas no mar e na areia, outras com frutos "deliciosos".... e tudo isto antes da "descoberta" do Algarve! foi a rainha das praias de Portugal ,imortalizada na voz de Maria Clara! Quando a época estival durava 3 meses, Julho era o mês dos espanhóis, Agosto dos lisboetas, coimbrinhas e quase todos os beirões do interior. Setembro era o mês dos banhistas de "alforge", que alugavam casa por 15 dias, e assim apelidados por trazerem todos os produtos a comer das suas terras para não gastarem dinheiro , que também seria pouco! O importante era apanhar sol e banhos de mar e mergulhar sete vezes seguidas, como mandava o cardápio do banheiro.
Mas toda esta prosa, para dizer que a Figueira se transfrmou numa terra aonde nada acontece... sem pôr em causa as suas boas gentes, que também são as minhas, pois não renego as minhas simpáticas origens e a originalidade, o toque das pessoas da beira-mar!

Mas na terra, surgiram grandes pedras para sapatos de português calçar...o que me levou a transpor o ditado aplicado a Espanha... da Figueira nem bom vento nem bom casamento...(o meu acabou!!)




-O cavaquismo nasceu aqui, durante a rodagem de um carro até á Figueira.

O santanismo teve aqui o seu epicentro, que na altura, verdade verdadinha, não deixou de animar a terra!... com a continuidade que daí se lhe conhece.




_Para espanto meu, também foi na Fig., nas suas mais animadas e desejadas ,porque bem organizadas e com convidados de gabarito, tertúlias semanais, que D. José Policarpo, caiu na "asneira"ou ingenuidade, como por norma se faz em ambientes abertos como este, dos cuidados a ter pelas mulheres nos seus amores para com os homens do islão! Claro que quem tem telhados de vidro não pode atirar pedras... mas tudo me pareceu exagerado quanto à polémica criada! E em conversa com a minha mãe sobre o assunto, Observou num" dicton" muito do seu gosto-" ai minha filha, conselhos e caldos de galinha, nunca fizeram mal a ninguém!"...


Este edificio, uma aberração com dezenas de andares, fazia parte das intenções de Sócrates quando ministro do ambiente, de fazer implodir... como tantos outros! Também ficou em águas de bacalhau sem ofensa para a água ,que faz uma rica sopa!!! Recuperado , foi forrado a espelho,cuja função é reflectir o que lhe é oposto e dar origem a boas fotografias....

Figueira, hoje, na praia mar.


Ai o desemprego....



Vivo corroída com a catastrófica paisagem que o desemprego gera!

Um destes dias ,com um sorriso amarelo, recebi uma mensagem que dizia o seguinte:"Gostaria de ser pobre por um dia, toda a vida é lixado!"

E mais não digo.

domingo, 25 de janeiro de 2009

O beijo, Gustav Klimt


Beijo-flor

O beijo é flor no canteiro ou desejo na boca?
Tanto beijo nascendo e colhido na calma do jardim nenhum beijo beijado (como beijar o beijo?) na boca das meninas e é lá que eles estão suspensos invisíveis.
Carlos Drummond de Andrade"

Como é bom ver filmes de amor....




Fui ver o filme Austrália. Gostei muito!
Grande filme de amor, daqueles que fazem bem à alma!
Momentos de magia!
Terra , uma explosão de beleza!
Momentos de história que mostra erros a não voltar a cometer.
Vão até ao escurinho da sala... e não se vão arrepender!





sábado, 24 de janeiro de 2009

- O Que Será (À Flor da Pele), Miúcha


Os Amantes,de Magritte



"E por vezes as noites duram meses
E por vezes os meses oceanos
E por vezes os braços que apertamos
nunca mais são os mesmos E por vezes

encontramos de nós em poucos meses
o que a noite nos fez em muitos anos
E por vezes fingimos que lembramos
E por vezes lembramos que por vezes

ao tomarmos o gosto aos oceanos
só o sarro das noites não dos meses
lá no fundo dos copos encontramos

E por vezes sorrimos ou choramos
E por vezes por vezes ah por vezes
num segundo se envolam tantos anos"

Pensado...para onde vou fugir.

Depois de tudo o que já li e ouvi hoje, a minha cabeça não está bem....
Vou dormir que já é tarde.... e espero não ter pesadelos...

sexta-feira, 23 de janeiro de 2009

Samba do Avião - Tom Jobim


Bom fim de semana...

Sonhos bons, com dias claros e verdes exuberantes como estes que captei no Jardim Botânico do Rio!
Jardim amado do nosso querido Tom Jobim!



Posted by Picasa

Para um dia de chuva!

YouTube - The Beatles - Michelle

Chuva...



O Poeta ,que pertencia ao tipo do copo meio vazio, escreveu " Chove. Nada me apetece..."
Eu que sou do tipo contrário e não sou poeta, quando chove apetecem-me muitas coisas, coisas simples, mas boas, muito boas! ...porque tenho boas lembranças de dias de chuva!

Hoje apeteceu-me lembrar Leonardo, e...


se Deus criou o Homem..., fê-lo muito bem!

terça-feira, 20 de janeiro de 2009

Hoje, também o sonhei, ao meu pai!


Noite Estrelada, Van Gogh





Ele era bom. muito bom.



Sensato. Meigo


Era bonito, muito bonito.. Simpático.



Bom amigo, bom camarada.



Ele era alto, muito alto!



Olhá-lo, era ver o mundo pelo lado bom.



O meu pai era assim, e faria hoje 84 anos! QUE SAUDADE!



Mas... outras coisas me fizeram lembrar o meu pai!



O desemprego!



Ao ver o estado da nação, com o desemprego como máscara negra da fome, da humilhação, da baixa auto estima, do horror que é para homens e mulheres, pais de crianças e jovens que deveriam exibir o rosto da felicidade plena, eu não posso deixar de lembrar o fiel e incansável trabalhador que foi o pai Costa ,da industria vidreira, anos a fio na Marinha Grande!



Para se aproximar de nós, a família, passou os últimos 13 anos da sua vida Na Vidreira Da Fontela, Figueira...



!981, 400 trabalhadores foram "convidados" a passar o resto das suas vidas a mendigar o que lhes era devido.... e o Dr, Mário Soares , na altura em campanha ,ia passando e sibilava aos ouvidos esperançosos dos trabalhadores para votarem nele... ganhando , o problema ficava resolvido, a hipoteca...



Claro que a sabedoria dos velhos vidreiros já não o levavam a sério mas se votaram PS... foi como um ultimo reduto de uma crença que uma fábrica fundada em 1920, não poderia fechar!



Eles/as eram muitos! O meu pai tinha 54 anos...



PS GANHOU MAS A FÁBRICA FECHOU!



Recordo sempre o jogo de sedução que existia entre o bom do Costa e uma garrafa, fazendo-a rodopiar, levantá-la para ver a luz reflectir no vidro e finalizar olhando o fundo onde estava o simbolo de origem da garrafa- sorrindo, como só ele e dizendo" olha esta é da Santos Barosa" ou "da Ricardo Galo"ou... ou...



È assim a memória, para o bem e para o mal!

As crianças , Obama... e o sonho!

Crianças de Açucar, de Maz Vik, 1996

segunda-feira, 19 de janeiro de 2009

Espirito de St. Louis...


Shepard Fairey, o artista que ajudou a eleger Obama.











Na sua luta para chegar à Casa Branca, antes de ser consagrado pelo voto como próximo presidente dos EU, Barack Obama recebeu um inesperado reforço de marketing eleitoral. Um poster com o seu retrato, com as cores da bandeira americana, mostram um semblante firme e sereno, comparado por alguns ao célebre poster de Che Guevara imortalizado pelo fotógrafo Alberto Korda.




A peça não foi produzida por uma grande agencia de publicidade nem encomendada pela equipa de Obama, foi sim uma criação espontânea do artista gráfico Shepard Fairey, que viu a sua popularidade e valor artistico crescer com a do seu candidato.