quinta-feira, 30 de setembro de 2010

O sol brilha, mas não para todos da mesma maneira...


Nem sempre se acorda com o sorriso que o elogio da vida merece...

A vida para a maioria dos portugueses que neste país vivem, mesmo à beira-mar plantado, e bem, sofre os atropelos de uma governação completamente desgovernada.

O sol que teima em nos aquecer, neste outono do nosso descontentamento, não chegará para aquecer as almas que vão gelar ainda mais lá para o inverno .

Ouço o debate quinzenal na assembleia da república (letra menor propositadamente). Mas vou sair rápidamente deste espetáculo de mentira socratiana que ajudou a provocar um tsunami na jovem e triste democracia portuguesa.

O ideal no princípio da República, era o de "ter ou não ter trabalho, era ter ou não ter pão para os filhos"....

Em pleno séc.XXI, o ideal da república continua ser o mesmo, porque o pão e o trabalho continuam a faltar e casa aonde não há pão todos ralham e ninguém tem razão.

É ao que estamos a assistir.


O meu pintor naif de eleição, Ronaldo Mendes, enviou-me este gato , que com o seu ar tristonho, eu adotei, para mostrar os nossos estados de alma...

quarta-feira, 29 de setembro de 2010

Le Plat Pays - Jacques Brel

Vamos lá a entendê-los, a nós e aos outros...


Vá lá a gente entendê-los.
Acho que se pode resumir tudo numa frase: na Bélgica há três vezes mais tachos do que em Portugal. Sem contar com o rei e respetivos filhos, netos, irmãos, primos, sobrinhos e compadres...
Cá, como lá, o dia é de luta promissora.







,


segunda-feira, 27 de setembro de 2010

Para o momento, música e pintura...

Pintura de Mário Cesariny

exercício espiritual

É preciso dizer rosa em vez de dizer ideia
é preciso dizer azul em vez de dizer pantera
é preciso dizer febre em vez de dizer inocência
é preciso dizer o mundo em vez de dizer um homem


É preciso dizer candelabro em vez de dizer arcano
é preciso dizer Para sempre em vez de dizer Agora
é preciso dizer O Dia em vez de dizer Um Ano
é preciso dizer Maria em vez de dizer aurora


Poema de Mário Cesariny, in Manual de Prestidigitação

domingo, 26 de setembro de 2010

Música para o outono do nosso (des)contetamento...

...

Momentos...

Ainda se podem molhar os pés ou as patas....
As primeiras marés vivas.
Dizia um filósofo humanitário a certo povo infeliz: "Sede melhores, e vós sereis mais felizes".
E o povo respondeu ao filósofo humanitário : Fazei-nos mais felizes, e nós seremos melhores"
Camilo Castelo Branco, in Verdade.
Porto, 1856

sexta-feira, 24 de setembro de 2010

CAÑIZARES ORIGEN FLAMENCO "Alegrías"e bom fim de semana...

e bo

Pintura de Ronaldo Mendes

O pintor inspirou-se num menino cigano que brincava à porta de sua casa...
Sorte a do menino e do pintor.
Bom fim de semana...

quinta-feira, 23 de setembro de 2010

Afinal ainda não saiu do youtube esta dramatização promissora de um pequeno ator de palmo e meio....

Humor de Pitecos


Passo a passo...

Passo a passo estamos a entrar no equinócio de inverno... lá para as 3h23m.
Muda-se o Tempo, Mudam-se as vontades..." Ouver"

quarta-feira, 22 de setembro de 2010

A minha "escola", sempre com vista de mar...

Por aqui só se pode ser feliz...
Outras aprendizagens se vão fazendo mais ligadas à universidade da vida onde todos os ramos da ciência e da arte são contemplados e sempre com vista de mar.
Casa de Santa Maria, Cascais, arquitetada por Raul Lino .

segunda-feira, 20 de setembro de 2010

Parabéns, Mafaldinha...

Ronaldo Mendes, pintor brasileiro, quadro dedicado ao sonho de voar.. ~

Então , como a minha paciência começava a esgotar-se e tinha de desmontar o motor do meu avião, rabisquei este desenho:
E disse:
- Isto é a caixa.
A ovelha está lá dentro.



Do livro, O principezinho, Antoine de Saint-Exupéry

Quase 3 horas de puro deleite....

Para quem puder... o documentário/filme ainda está por aí.

Os meandros do Ballet da Ópera de Paris até ao pormenor das abelhas que vivem nas suas colmeias no telhado do teatro mais lindo que existe e cujo pólen deve vir dos belos jardins parisienses.

Tudo dança naquela casa... pessoas e insectos.

sexta-feira, 17 de setembro de 2010

" Esta mulher é formidável", diz ele em francês ... e assim foi o primeiro dia do resto da sua vida

Não consegui ficar imune ao programa que está a passar na RTP1 sobre Cesária Évora.

Mais um reforço para os meus desejos de bom fim de semana.

Bom fim de semana...


Dupont - Assumidamente , vamos fugir que a crise está aí... O mundo mudou...
Dupont - Pois, assumidamente, vamos fugir, que a crise está aí... O mundo mudou...
Finalmente estamos a ficar mais sérios...
Ou seja, nós já somos, eles...




Humor, quase negro , de Pitecos


quinta-feira, 16 de setembro de 2010

Musicando...

Peter Gabriel, Book of Love

Um livro muito desejado...





Livro é, espantosamente, uma síntese da história do romance português desde Eça e Camilo.
Primeiro, quanto ao conteúdo, é profundamente realista ( “a realidade bem observada e a observação bem exprimida”, Eça), narrando a história de uma família desencontrada (sem apelido) e de uma vila (sem nome) portuguesas ao longo de 70 anos do sec. XX, descrevendo situações sociais típicas do subdesenvolvimento do interior rural, bem como a reação campesina, emigrando para França, na década de 60.



In JL, por Miguel Real



“O meu melhor livro de sempre” “porque acredito no meu trabalho e acredito também com
muita intensidade, no tema que escolhi, nos ambientes, nas personagens. Trata-se de um romance pelo qual me apaixonei desde a primeira hora.”



Palavras de José Luís Peixoto

quarta-feira, 15 de setembro de 2010

Madredeus - Haja O Que Houver

Francisco Ribeiro, violoncelista dos Madredeus, fundador do mesmo grupo, deixou de estar esntre nós...Só tinha 45 anos, e, do que gostava mesmo de fazer, "era cantar e tocar".

Que o possa fazer para os anjos se eles existirem...

Vidas (2)

(Baixa de Lisboa como pano de fundo)

Também o cineasta Manuel de Oliveira , vai a caminho dos 102 anos, já em Dezembro os fará.O seu ùltimo filme "Casamento de Laura", estreado em Cannes, continua a ser produto de uma longevidade fora de comum.Génios, genialidades e muita persistência.

Orgulho luso.

Vidas (1)


NIEMEYER RECEBE A MEDALHA DE ARTES E LETRAS
2010-09-14


“Agradeço muito o carinho de Espanha. É um pouco exagerado”. Foi humildemente que se mostrou na passada sexta-feira o arquitecto brasileiro Oscar Niemeyer, de 102 anos, ao receber no Rio de Janeiro, a Medalha de Artes e Letras de Espanha pela “sua trajectória e contribuição para difusão internacional da cultura” desse país.

A ministra da Cultura espanhola, Ángeles González-Sinde, foi a encarregada de entregar o galardão honorífico a Niemeyer no seu estúdio de Copacabana. “É a primeira vez que entregamos a medalha a um arquitecto”, recordou. “Damo-la a alguém que se distingue dos demais, que conservou o seu estúdio no mesmo sítio durante anos e que se inspira desenhando perante esta paisagem de praia e curvas”.

terça-feira, 14 de setembro de 2010

Retalhos à procura de um sorriso... certo

Imagem Google
Dos meus apontamentos, alguns perdidos no fundo não sei de quê... surgem aqueles que de momento me dão jeito...

Houve um sorriso perdido, mas há outros que vamos tentar encontrar...


"Estamos sempre à procura do melhor sorriso"

A. Tchekov


Terno, inocente, demorado, falso, verdadeiro, indolente, vaidoso, habitual, sedutor: encontrar o sorriso ou tudo fica quase irremediavelmente perdido...

segunda-feira, 13 de setembro de 2010

Um certo adeus...

Pintura de Rogério Ribeiro
Quando algo menos bom acontece e se supera esse" menos bom"... poderemos dizer como aquela corredora , participante na maratona "saber o que é o linfoma", que hoje aconteceu, dizer para as câmaras de televisão :
-A vida é para vencer, há que ir sempre em frente...,

Mas não foi isso que aconteceu com o nosso querido Eduardo, amigo de anos, o famoso prof. Eduardo, lutador feroz de causas justas, sempre do lado dos explorados e oprimidos, militante fiel do seu PCP, que por" deformação"... ou pela riqueza do seu humor, nos encontros em casa de cada amigo, antes da refeição, dizia : " antes de comer tem que haver um ponto de ordem para alguns esclarecimentos"... ou quando os ânimos se exaltavam.... "calma, que o povo é sereno"..
O Eduardo já não foi este ano , pela primeira vez, à grande Festa do Avante.
Deixou-nos devagarinho nestes ùltimos quatro meses.
Hoje partiu de vez. E dele só temos coisas belas e boas para contar.
Há pessoas incontornáveis pelo seu carácter , firmeza e capacidade de ser solidário... e muito amigo.
Assim era o Professor Eduardo Machado.

domingo, 12 de setembro de 2010

Será que ainda é o povo quem mais ordena? "O POVO"



No Museu da Electricidade... só mais uns dias, a não perder, o espelho da alma lusitana... "O Povo"
"o povo é sereno; o povo é quem mais ordena; ganharás o pão com o suor do teu rosto; casas do povo; se isto não é o povo, onde é que está o povo? ; queres fiado, toma… são alguns dos slogans e dizeres que grafitam os espaços do Museu da Electricidade, nos quais se exploram arquivos de som e de imagem, obras de pintura, escultura, desenho, fotografia, vídeo e cinema, textos literários, memórias e testemunhos populares e eruditos. Através do recurso a novas tecnologias, a exposição assume as características de uma «instalação» em permanente interactividade com o PÚBLICO – POVO. A Kameraphoto, colectivo de fotógrafos independentes, foi convidada a criar um mural dinâmico de fotografia."

Há muitos 11 de setembro nas nossas memórias...

Pintura de Mário Carrreño, pintor chileno
Às vítimas de todos os ismos de todos os 11 de setembro da nossa memória recente e mais longínqua.

sexta-feira, 10 de setembro de 2010

Bom fim de semana...



País sórdido… notícias horríveis, imagens de terror, país da mentira, de troca-tintas…Valham-nos as boas pessoas que com o tempo aprendemos a conhecer, o clima e a paisagem aonde ela se mantém natural ou preservada arquitetonicamente…
Um destes dias, e, cada vez o sinto mais próximo, desligo de certo tipo de informação por me causar momentos de enorme agonia…
Ver, como passou ontem, os acidentados de Ceuta, na TV, aqueles idosos completamente escaqueirados, desprovidos do seu meio, provoca tanta emoção como o que acontece às crianças… As crianças, ainda poderão ser protegidas pelos pais, quando vêem televisão, se sensibilizados para isso… Mas os nossos velhos, que vivem agarrados ao ecrã, como os podemos defender?
Sempre defendi aqui e na vida que pratico, que só a beleza e a arte nos pode salvar e ajudar.
Atentos, veremos que ela está por todo o lado… Mas de momento , ela está memo em Lamego, na pessoa de Sophia Loren, que se passeará por lá e onde vai ser homenageada.
Espero , que na senda do belo, a levem a conhecer uma das mais belas paisagens de Portugal, o rio Douro, as suas margens e o seu vinho…
Daria tudo para ir… mas é longe e não se pode ir a tudo que nos encanta…
Sonhar o belo, já é um dom da vida. Ou seja, é ver o copo da vida meio cheio…

quinta-feira, 9 de setembro de 2010

Pronúncio outonal...

Pronúncio de um outono, este fim de tarde, em que a música me levou a outros
tempos... longíquos.
Nem sempre a música polui o espaço aonde estamos, antes pelo contrário...
Todas como esta, são sempre bem vindas...
" A menina dança?"



quarta-feira, 8 de setembro de 2010

Amanhã, na Casa das Histórias, inaugura

Pintura de Victor Willing

A primeira exposição retrospectiva de Victor Willing, marido de Paula Rego, passa a estar entre nós a partir de amanhã , em Cascais.
São cerca de 80 peças, entre pinturas e desenho. Será a primeira grande retrospectiva em Portugal de Willing.
Para mim, penso que olhando o seu trabalho, poderemos , quem sabe, conhecer melhor o mundo "alucinante" de Paula Rego.

Vai até Janeiro de 2011.

Música

terça-feira, 7 de setembro de 2010

Traço fino ou traço grosso pode ser V ou F...

Picasso
Georges Braque

Pintura de Mário Cesariny


Operação "Traço Fino", descobre mega fraude . Ler aqui.

... Poderíamos ... concluir que a não existência de um mercado de arte levaria ao desaparecimento quer do perito, quer do falsificador.


In, Textos de Teoria de História de Arte

segunda-feira, 6 de setembro de 2010

Conversas a dois...

Uma boa semana... tem que ser mesmo, para os que retomam a vida laboral e sobretudo para os meus queridos companheiros de estrada, que estão no terreno, no todo o terreno da vida que é uma escola , a educação ... Eu já estou noutra, no descanso do guerreiro e noutras lutas.
Depois há outras vidas... e para essas, os eternos provérbios de minha mãe. "Conselhos e caldos de galinha nunca fizeram mal a ninguém..." Ler aqui

domingo, 5 de setembro de 2010

Música e ideias para hoje...

Sempre me senti uma "pequena Alice" nos anos em que me foi possível ir à grande festa do Avante... Este ano , outras festas, também comunitárias mas sensaboronas , como são os casamentos , quase todos , com alegrias e desapontamentos... impediram-me dessa magia...

Ser recambiada para sul , por urgências de grande incomodidade, sem ainda ter ouvido uma notícia ou lido um jornal, eis-me chegada à blogosfera para um momento de descontração e informação em que o sentido da Festa me foi passado pelo blogue de referencia, Antreus, aqui



É uma tarde de ouro iluminada,
que nos recebe:
por ela nos deixa levar
e às mãozinhas alegres que se erguem
e nos chamam ao sonho
entregamos o espírito


Pelo calor da noite já a descer sobre as águas
ouvimos as vozes inocentes
suplicar-nos
uma história que leve a outros mundos...
que pode um só
contra as vozes de tantos todos juntos?
....
In, Alice no País das Maravilhas

(neste momento 50 000 pessoas aguardam o discurso de Jerónimo de Sousa, scretário geral do PCP.... vou "ouver".)















sexta-feira, 3 de setembro de 2010

Bom fim de semana... e que seja em festa...






" Dizem muitas mentiras acerca dela mas, por muito que custe aos anticomunistas reconhecê-lo, são magníficas"... sobre a grande festa do Avante, hoje, no Público, António Vilarigues, escreveu... E quem sou eu para o contrariar? Quem puder, só tem que ir, e nunca esquecerá.

Tudo de bom.

quinta-feira, 2 de setembro de 2010

Bom setembro... e, se tiverem tempo ou estiverem por perto , não deixem passar em branco...

Ontem a tarde foi de luxo, passada entre os belos jardins do Museu de Arte Antiga e a visita guiada , de uma forma apaixonante e sapiente , por uma jovem licenciada em História de Arte. (ouvi dizer que todos os guias são bons...)
Só guiada esta exposição faz sentido para explicar tantos mistérios à volta de tanta beleza, plena de mistérios e de sentido do registo para que a memória colectiva não esqueça os mistos de "invenção e "glória" de D. Afonso V de Portugal (1432-1481), o Africano
AQUI.

Apesar de portuguesas, estas tapeçarias são conhecidas de Pastrana, por estarem na cidade do mesmo nome, não muito longe de Madrid.
Termina a 12 deste mês.