sábado, 13 de junho de 2015

Mais um dia de aniversário e revolta...

Eduardo Viana, A revolta das bonecas, 1916
SANTO ANTÓNIO

Nasci exactamente no teu dia - 
Treze de Junho, quente de alegria,
Citadino , bucólico e humano, 
Que até esses cravos de papael
Que têm uma bandeira em pé quebrado
Sabem rir...
Santo dia profano
Cuja luz sabe a mel
Sobre o chão de bom vinho derramado!

Santo António, és portanto
O meu santo,
Se bem que nunca me pegasses
Teu franciscano sentir,
Católico, apostólico e romano-

....

(excerto de poema de Fernando Pessoa, Os Santo Populares)

7 comentários:

Majo disse...

~~~
~ ~ Belíssima homenagem, Ana.

~~ Estarão as bonecas revoltadas
~~ com o santinho casamenteiro?!

~~ Ler poesia
do nosso eloquente e sábio mestre
são momentos muitos especiais...

~~~ Beijinho. ~~~
~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

Henrique ANTUNES FERREIRA disse...

Anamaramiga

Este "malandro" do Pessoa faz-nos pensar, faz-nos rir, faz-nos chorar e faz, sobretudo com que tenhamos o prazer de o ler e "mastigar" para lhe sentir todo o sabor...

Escolheste-o nestes momentos dos Santos Populares, em especial de Lisboa, nada e nunca de Padova. Por isso te felicito. Pelo critério de escolha, pela publicação e pelo... Santo António...

Qjs

Pernoca Marota

Henrique ANTUNES FERREIRA disse...

Anamaramiga

Volto a incomodar-te para pedir-te o favor de através do teu blogue enviar um recado à Zézinhamiga...

Como vão as "coisas"? E se tiveres um tempinho livre vai à nossa TRAVESSA. Tenho lá um texto que assino e que tem o título Traineira de fugitivos que partiram de Porto Alexandre, Angola. Pelo menos ocupas esse tempinho... Obrigado e força!

Qjs

Pernoca Marota

O Puma disse...

Gosto dos santos populares

à mesa das sardinhas
Bj

Graça Pires disse...

Ler a poesia de Fernando Pessoa é sempre um gosto enorme. Obrigada.
Um beijo.

Justine disse...

Excelente mistura, Ana: santos populares e Fernando Pessoa!

Graça Sampaio disse...

Lindo! Não conhecia. E o que eu gosto da escrita de Pessoa! (Embora prefira o Álvaro de Campos...)