sábado, 8 de julho de 2017

Ainda O'Neill . Bom fim de semana

Pintura de Júlio Pomar (ano?)


.....
O Português é, com certeza, um dos povos que ainda mais se preocupa com figura que faz perante os outros, sobretudo perante os estrangeiros. Sendo acolhedor, lhano, gentil, o medo do ridiculo domina-o a tal ponto que o leva a hipérboles; essas, sim, perfeitamente ridículas. As perfomances  sexuais do português  - do portuguesito, como muitas vezes se diz, no fundo para aumentar a repercussão das proezas - são constantemente exaltadas  acabam por impregnar de ranço as conversas. no seu foro intimo, o que as mulheres portuguesas se devem rir! É que elas, frustradas ou não, são as mães dos seus próprios homens e olham-nos misericordiosamente... 

....

Da crónica, PARA NASCER, POUCA TERRA; PARA MORRER, TODA A TERRA


1 comentário:

Majo Dutra Rosado disse...

Muito interessante.
Continuação de boas leituras.
Beijinhos
~~~