quarta-feira, 17 de abril de 2019

Antonio Francisco Lisboa, o Aleijadinho






Por aqui já fui feliz e surpreendida, Congonhas, Minas Gerais, já lá vão muitos e bons anos. A ditadura no Brasil tinha acabado há poucos anos. Hoje, ela está a querer ser implementada de novo . Quatro anos passam depressa, mas até lá causa mossa e incomodidade.

Mas, vamos lá à Via Sacra, do artista surpreendente, Aleijadinho, de nome António Francisco Lisboa .

Por AQUI , poderão fazer uma viagem .

3 comentários:

Majo Dutra disse...

Obras impressionantes!
E o artista sofria imenso de forma constante...
Arte é arte.
Dias de paz e contentamento.
Beijinhos.
~~~~

Mar Arável disse...

A Páscoa é uma passagem
uma fuga para a vida
contra todos os cativeiros

Bj

SILO LÍRICO - Poemas, Contos, Crônicas e Outras disse...

Linda arte! Esse cara foi "O CARA"! Grato pela partilha e ao reconhecimento de um artista brasileiro. Apenas para contrapor a assertiva que o Brasil poderá guinar à ditadura: esqueça a ideia. Houve democracia com a turma da social democracia e haverá com a nova turma em que dois militares foram eleitos legitimamente pelos votos dos brasileiros. Desejo uma Feliz Páscoa! Grande abraço! Laerte.