quinta-feira, 17 de novembro de 2016

Vamos ver "As Lusíadas"?

Ao escrever Os Lusíadas, Luís de Camões esqueceu-se (ou não terá achado conveniente assinalar) que muitas mulheres contribuíram para a expansão portuguesa fazendo o mesmo percurso que os seus heróis, passando pelas mesmas dificuldades e sofrendo, muitas vezes, castigos severos pela ousadia. 
Ao longo dos séculos, As Lusíadas foram ignoradas pela generalidade dos historiadores, como se a sua motivação para a viagem fosse menos nobre do que a dos homens, ou como se a sua vontade e coragem fossem indignas de constar na História de Portugal. 
Iria, Inês, Maria, Cecília, Catarina, Isabel, Antónia, Beatriz e tantas, tantas outras, foram mulheres corajosas “Mais do que permitia a força humana..."


Texto retirado do FB da própria encenadora da peça, Maria João Rocha

3 comentários:

SILO LÍRICO - Poemas, Contos, Crônicas e Outras disse...

Sim, meu Deus(!) quanta maria
Com minúscula dizia
Ficaram no esquecimento
Sem na história ter assento.

Mas não foi hipocrisia
Nem fruto de tirania
Foi fruto do entendimento
Ser mulher, outro elemento.

Mas o poeta em canção
Cantou com muita emoção
À mulher, seu grande amor.

E assim, seja como for
Ele deu seu coração
À Maria em expedição.

Abraço fraterno. Laerte.

SILO LÍRICO - Poemas, Contos, Crônicas e Outras disse...

Realmente houve isso, mas por cultura da época onde as mulheres ficavam à margem da história, como coadjuvante. Mas Camões muitos poemas fez às mulheres... Abraço fraterno. Laerte.

Majo Dutra disse...

~~~
As coisas lindas que tens publicado, Ana,
e eu com o tempo limitadíssimo...

As esculturas são magníficas!
Bem mereciam um passeio ao Prado.

Este teatro deve ser muito interessante e emotivo.
Haverá algum livro sobre este tema?

Percebo que a família está fresca e ótima.
Continuação de dias fantásticos.
Beijinhos para ti e teu pequenino.
~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~