quarta-feira, 31 de março de 2010

Loucura com asas...


( para aumentar, é clicar em cima da foto)

Faz hoje 88 anos que Sacadura Cabral e Gago Coutinho partiram para o Brasil .
Primeira travessia aérea do Atlãntico...
..Foto tirada do livro Armada Gloriosa, de Maurício de Oliveira, 1936

terça-feira, 30 de março de 2010

Olhares e pensares...(cont.)

Iluminura, Torre-de-Babel

Primeiro encontre, depois procure...

Jean Cocteau



Olhares e pensares...

Casa da Música, cidade do Porto
Continuando a pensar a arquitectura, diz o escritor alemão Goethe: " Arquitectura é música petrificada."
É o que penso quando vejo e entro nesta casa de música tão distante do meu espaço real...

segunda-feira, 29 de março de 2010

Olhares...


Arc-et-Senans, Besançon

A arquitectura é um modo de pensar.


Le Corbusier, em carata de 23 de Setembro de 1936

sábado, 27 de março de 2010

27 de Março - o teatro e o mundo

Teatro de sombras - Pilobolus

sexta-feira, 26 de março de 2010

Amanhã, dia de festa para o teatro... bfs...


O ator, de Picasso, 1904

O Ator

Do ator é ele sendo muitos
e sendo muitos só assim ser ele
alegrias paixões amores e lutos
E as máscaras da vida á flor da pele.

O rico e o pobre o rei e o vagabundo
O rosto mais formoso e o mais medonho
Que só ele é Ninguém e Todo-o - Mundo
E só por ele em cena a vida é sonho.

Mas de todos só ele é todos nós
quem nos sonhamos quem não somos quem
por ele é outra vida em cada ato.

E é ele quem vive e morre de ser voz
de ser o corpo e a alma de ninguém
No teatro do mundo no teatro .

Poema de Manuel Alegre

Bom fim de semana...
Por lapso técnico que me ultrapassa não foram
publicados alguns comentários do post anterior...

quarta-feira, 24 de março de 2010

Sugestão....

Fotografia antiga do Casino Internaciona do Monte




No Dia Mundial do Teatro , que se comemora no dia 27, o Teatro Experimental de Cascais e a autarquia irão homenagear o actor Raul Solnado, figura incontornável do humor português.
Irá ser inaugurada a exposição Raul Solnado… os primos de Cascais… o Teatro, no Espaço Memória Teatro Experimental de Cascais e a atribuição do nome de uma rua marcarão esta evocação ao actor que pediu a todos os portugueses : façam o favor de ser felizes!

A exposição ficará aberta para todos vós até 2 de Maio.

segunda-feira, 22 de março de 2010

" A água é um elemento do cosmos"...


Água, esse bem essencial.... "AQUI"

domingo, 21 de março de 2010

Poesia por...

A primavera com poesia... mais poesia que primavera...

Primavera, de Sónia Madruga, 2010
SONETO DE FIDELIDADE


De tudo, ao meu amor serei atento
Antes, e com tal zelo, e sempre, e tanto
Que mesmo em face do maior encanto
Dele se encante mais meu pensamento.


Quero vivê-lo em cada vão momento
E em seu louvor hei de espalhar meu canto
E rir meu riso e derramar meu pranto
Ao seu pesar ou seu contentamento.

E assim, quando mais tarde me procure
Quem sabe a morte, angústia de quem vive
Quem sabe a solidão, fim de quem ama

Eu possa me dizer do amor (que tive)
Que não seja imortal, posto que é chama
Mas que seja infinito enquanto dure.


De Vinicius de Moraes, in Antologia poética
Este poema foi escrito no Estoril, em 1939

sábado, 20 de março de 2010

Bom fim de semana...

Segantini, simbolista italiano, 1896, Amor nas Fontes da Vida
Estórias de PAIXÃO para este fim de semana.... Para falar delas, Isabel Allende.
Há que "fugir" do que nos envergonha a cada dia que passa. Esquecer por momentos.
Tudo é politicamente incorreto...
Gostaria que na campanha Limpar Portugal , num ato de magia, desaparecesse o que verdadeiramente o polui e desfeia...
Faço-me entender, não?
Brrrrrrrrrr.....

sexta-feira, 19 de março de 2010

19 de Março...

Melancolia, de Paul Sérusier, simbolista francês
Sempre gostei do dia do Pai!
Gosto que me perguntem o meu apelido. Ser "Costa", é o prolongamento da criatura mais bela e generosa que conheci e sorrio sempre como só ele sabia sorrir...
Hoje , só mesmo uma grande saudade...
Hoje , posso festejá-lo de uma outra maneira e em vossa companhia.

10 000 ... portugueses no Mar à Vista...

Dez mil almas em Portugal, segundo o contador, passaram pelo Mar à Vista...
Há amigos, conhecidos, curiosos, visitas de charme, visitas que cumprem as suas rotinas que se sentem de prazer, visitas curiosas das nossas emoções que procuram ver coisas que às vezes não existem, chegando a criar algum desconforto... pelos seus comentários nem sempre publicados... Ele há pessoas assim...
O importante é que venham, sempre, quando puderem, pois estou por aqui por prazer meu mas que quero partilhar com todos vós...

quinta-feira, 18 de março de 2010

Ainda pela Figueira... outras memórias

O que me liga ao pintor e publicista Cândido Costa Pinto?

O sermos ambos figueirenses. O ter morado na mesma rua onde nasceu e tendo com vizinha uma das velhinhas mais simpáticas que conheci, sua mãe.
O ter um irmão, o Senhor Costa Pinto, ourives de profissão, com loja por baixo da residência e aonde me deslocava para pequenas compras de prata, os berloques para pulseiras.
Ensinada a regatear... perguntava sempre:- "Sr. Pinto, isto é prata pura? "
Ao que ele respondia meio ofendido mas com olhar matreiro pela piada que me achava... " ó menina,
está numa ourivesaria..."
Eu corava...
Mais tarde descobri o pintor surrealista, tão importante como os demais, mas que por temperamento e pouca saúde não teve a mesma notariedade.
Por AQUI, pode saber e ver mais sobre...





quarta-feira, 17 de março de 2010

Olhares...

O fotógrafo estava ausente.
A clientela também...
Um destes dias , pelo oeste...

Memórias ...

Maria Clara foi durante anos um ´icone do nacional cançonetismo , que no verão fazia a época de trabalho no Casino da minha cidade.
Eu era criança, tornei-me adolescente, mas sem nunca lhe sentir o sabor com que os mais velhos se deliciavam... definitivamente não era o meu género, e era óbvio porquê...
Só com o tempo e porque a canção da Figueira da Foz se tornou o hino da cidade, o meu coração despertou para ela... Era já uma outra idade e o ter saido jovem mulher tornou-me uma imigrante com todas as mutações afectivas a que isso conduz...


Mãe de Júlio Machado Vaz, Maria Clara foi homenageada pela Câmara Municipal no Dia Internacional da Mulher.

De uma outra homenageada, e que a mim muito me diz, falarei amanhã...


"A Canção da Figueira da Foz ficou popularizada na voz de Maria Clara, cantora do Porto que interpretou inúmeros êxitos, como "Ó Zé Aperta o Laço". Gravou muitos discos e rubricou um vasto número de espectáculos. A sua carreira passou também por actuações no Casino da Figueira e no antigo salão da saudosa sede da Associação Naval 1º de Maio."


terça-feira, 16 de março de 2010

Vozes eternas...





Jean Ferrat canta Aragon, Aimer à perdre la raison

segunda-feira, 15 de março de 2010

Pelas margens dos meus rios....





















Devagarinho, como saí, vou entrando .
Fechei a porta que tinha ficado entreaberta...
Para trás ficaram as margens do Mondego e tudo o mais que não consegui captar por distração e embriaguez que a paisagem provoca...
Vale a pena andar pelos sapais do baixo Mondego.
Depois, a velha estação de Alfarelos que une o Norte com o Sul, margens do Tejo em Santarém e eis-me na cidade de eleição, Lisboa...
Na soltura de pensamento que as viagens de comboio nos dão , realizei que desta vez, a oeste , à beira mar plantado, nada de novo.... nem carros para fazer rodagem...
Desta vez os pneus foram fazer a rodagem para a região saloia. E ainda bem...
Boa semana , ensolarada o que é um verdadeiro jogo caseiro....

quinta-feira, 11 de março de 2010

Action Painting - J. Pollock -




Para "ouver". Pollock ,filme

Não fecho a porta... mas vou um pouco mais longe.

Hei-de voltar. Até breve.

quarta-feira, 10 de março de 2010

Na vida...

" O que importa é ter amigos...."

Quino
(clicando, aumenta a imagem)


terça-feira, 9 de março de 2010

Sol....

Não, não cheguei a assinar nenhuma petição para que o Sol aparecesse...
Passámos a tarde numa comunhão perfeita, e, quando partiu , vim à janela dizer-lhe adeus
como a alguém que se ama, que parte e não tem data certa de regressar...
Espero que o Sol, hoje, quando nasceu, tenha sido para todos.
Proximos dez dias.... AQUI

segunda-feira, 8 de março de 2010

8 de março - para vós amigas...

Eu vos saúdo, Marias...
Hoje e sempre.

Nat king Cole, Maria Elena

And the winner is...


Aguardo a noite dos Óscares...
Mas, hoje, tive uma das melhores tardes de cinema de que tenho memória com a comédia/drama "Amar... é Complicado".
Imperdível.... (ver aqui)
Que a noite de festa o abençoe...

domingo, 7 de março de 2010

Música para o coração...


Impossível de deixar de partilhar convosco, Aqui . Ouçam até ao fim... Comunhão perfeita....

Com mar à vista....

Hoje, na praia da Tocha. Entre Figueira e Mira.
Por aqui já fui feliz...

sábado, 6 de março de 2010

Pintura ... e um fim de semana o melhor possivel...

" A minha Guernica", de Ronaldo Mendes, 2010

Quem tenha o hábito de passar por esta humilde galeria já se deu conta do "meu pintor naif", pintor oficial deste reino, brasileiro do estdo de Minas, se não me engano, e , que comigo partilha o seu trabalho , outras vezes e noutras fontes, sou eu que me "apodero" deles...

É sempre uma alegria para este blogue, "expo-lo"....

Há poucos minutos, vindo do outro lado do Atlântico, chegou a sua interpretação de Guernica de Picasso... Uma forma pueril de interpretação, mantendo o seu traço e expressão como se de crianças adormecidas se tratasse. Expressa bonomia, no lugar do horror....

E, quem dá o que lhe dão, é amigo do coração. Partilho-a convosco.

E... bom fim de semana.

sexta-feira, 5 de março de 2010

Não posso ter todos os livros de que gosto....




Mas gostaria de ter alguns mais...

Era só dizer aonde teria que os ir buscar, antes de passarem a pasta de papel...

É o assunto do dia, muito bem observado por MEC, aqui.

(imagens do Google)

quinta-feira, 4 de março de 2010

Começámos ontem a viajar pelo futurismo itliano...



Pinturas de Gino Severini, 1914


Futurismo, movimento "avant garde" criado em Itália, entre 1909-1940.

É um virar de costas à sociedade trdicional, agrária , e, uma celebração à vida moderna, à máquina e à velocidade...
« Um carro barulhento, que parece correr por cima de ferros pequenos, é mais bonito que a Vitória de Samotrácia...», aqui... esta a definição quase belicista da beleza, na abertura do primeiro manifesto Futurista.


Metaforicamente ,estou a pensar em ti...


Memórias ...



Cá por casa "tarantinamos" pela segunda noite.
Intervalo....
Não vi " Kill Bill "no circuito comercial. Tarantino no seu mais duro, belo e exuberante. Música que não nos deixa indiferentes ... que puxa por outras memórias.
"Coração Selvegem", de David Linch, 1990, cuja música me fez passar pela primeira casa de discos, quando elas abundavam no Chiado, para comprar a banda sonora do filme, cuja interpretação de Chris Isaac , "Wicked Game", marcou o coração de muitos de nós...
Momentos de ouro.


quarta-feira, 3 de março de 2010

Mas que dor....

De Munch, O Grito


Não , não, o pequeno Daniel não tinha idade para se atirar ao rio sem um grande pré -aviso..
No olhar atento, na não indiferença , estão as cordas de salvação das nossas crianças , neste rio que é a vida , onde correm águas , ora calmas ora turbulentas...


"Não sou nada.
Nunca serei nada.
Não poso querer ser nada.
À parte isso, tenho em mim todos os sonhos do mundo."

Excerto do poema de Álvaro de Campos, Tabacaria

Cartoon, Elias o sem abrigo


De R.reimão e Aníbal F. , in Jornal de Notícias de hoje.

terça-feira, 2 de março de 2010

Botero dá para tudo.... até para falar dos "nossos queridos " homens latinos...

De Botero, O casal

Estou na fila do supermercado.
Na prateleira junto à caixa há revistas cor de rosa para esquecer a espera…
À minha frente um casal sexagenário.
Não vou expor aqui a classificação que poderia escolher para os enquadrar socialmente.
Mas , desde já , falo do homem de bigode fino, boné de “reformado”, blusão de cabedal, ar muito sério… só até o “ telelé “ter tocado… Quem seria???? Sempre uma incógnita hoje em dia…
Sorriso… que, ainda mais intimamente , me fez sentir solidária com a sua submissa mulher…
Resumo….
Na fila do supermercado, um homem (leia-se, macho) folheia uma revista cor de rosa…
Poisou-a.
A sua mulher, tenta imitá-lo.
Bruscamente, tira-lhe a revista e colocou-a no lugar…. e, tentou repreende-la.
Nho-nho- nho- nho…. Tra-lá-lá…. E mais uhms…. que não ouvi.
Mas o olhar daquela mulher, Senhor….

Os seus ombros deslocados contorciam-se num gesto de submissão e vergonha...
Foi arrepiante.
Há muito” disto”… mas também há muito que não via…
Talvez por andar sempre pela borda do mar…

(pode parecer uma exposição temporária de Botero, mas gosto mesmo do homem... e ele tem material de sobra para ajudar a exprimir os nossos sentimentos e emoções...)


The Look of Love - música para nós

Diana Krall, the Look of Love

Ainda sobre "a arte de amar"...(continuação)






Será que os corpos se entenderam ?
As almas procuram escutar-se... nem que seja pela música ou pelo silêncio...

segunda-feira, 1 de março de 2010

Para começar o Março, um recado...

De Botero, Banheira para dois


Arte de amar


Se queres sentir a felicidade de amar,
Esquece a tua alma.
A alma é que estraga o amor.
Só em Deus ela pode encontrar satisfação.
Não noutra alma.
Só em Deus - ou fora do mundo.

As almas são incomunicáveis.
Deixa o teu corpo entender-se com outro corpo,
porque os corpos se entendem, mas as almas não.


Autor: Manuel Bandeira